logo_branca.png
  • Optimus Engenharia Júnior

Liderança na empresa júnior



Ao falarmos sobre liderança, a imagem que vem à cabeça é de uma pessoa que inspira, que motiva, que guia um grupo e que gera resultados positivos na área em que atua. Há também a imagem de um perfil de personalidade forte e que é considerado o “mandão” e não dá autonomia e nem liberdade para que sua equipe cresça e tragam os melhores resultados, pois estas características definem um chefe.



O membro dentro de uma Empresa Júnior é constantemente defrontado com situações que propiciam o desenvolvimento da liderança como: lidar com pessoas e suas dinâmicas, criar mudança e facilitar o crescimento da organização. Essas experiências constituem a trajetória que os empresários juniores enfrentam dentro do movimento empresa júnior e serão detalhadas abaixo:


O empresário júnior atua coletivamente dentro da EJ, muitas vezes, desde o processo seletivo, sua capacidade de trabalhar em grupo foi testada. Liderar dentro desse contexto não depende de posição hierárquica, é um processo, uma sequência de ações que levam a desempenhar as atividades de forma eficaz e colaborativa.


Dedicando tempo a sua equipe o empresário júnior estará desenvolvendo sua liderança. Salientando que liderar nesse contexto, não é passar horas cobrando e pressionando os colaboradores, deve existir transparência, para que todos dentro da organização entendam seu papel, suas metas e as expectativas sobre os processos em que atuam. É imprescindível conhecer sua equipe, quais são as habilidades e objetivos. Dentro desse contexto, sua liderança gera impacto positivo.


A equipe irá reconhecer o líder que é um exemplo, um empresário júnior que executa suas atividades dentro do prazo, superando as expectativas sobre seus processos, se responsabiliza pelo crescimento da organização e sendo ético. Contudo, se ele age contrapondo a governança e seus objetivos organizacionais, colocando seus objetivos individuais acima dos termos coletivos, ele irá se distanciar do propósito.


Deve tomar a iniciativa das ações. O time nunca vai enxergar um líder que está sempre esperando que alguém lhe diga o que fazer. Para tomar a iniciativa ele não deve deixar o medo de desagradar à equipe superar o valor da sua proposta, além de sempre buscar mudanças positivas, seja na equipe, no projeto, no departamento ou na organização.


O líder faz acontecer e também forma novos líderes. Não centraliza, dá confiança, oportuniza desafios, motiva e dá autonomia para a equipe avançar. Evidencia que os resultados são fruto de ações coletivas, além de apresentar metas realistas.

O Movimento Empresa Júnior (MEJ) define um líder como responsável por unir um grupo, capaz de alcançar resultados orientados por um proposito. Nesse contexto, uma Empresa Júnior apresenta um ambiente propício para o desenvolvimento dessa competência, um papel fundamental na formação dos indivíduos, alinhado as exigências do mercado de trabalho.


Por: Marlisson Maicon e Moisés Assis

A Optimus Engenharia Júnior é uma empresa de Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Santa Cruz. Foi fundada em 2008, e desde então presta serviços de consultoria e treinamentos de qualidade com um preço abaixo do mercado.

Acompanhe nossas redes sociais ou entre em contato pelo site.

© 2020 por Optimus

Informações