logo_branca.png
  • Optimus Engenharia Júnior

Planejamento estratégico em tempos de crise



Na luta pela vida, os organismos com variações favoráveis as condições ambientais possuem maiores chances de sobreviver, quando comparados com organismos cujas variações são menos favoráveis. 


Realmente, mas como isso está ligado as empresas?


Apesar de se tratar de um dos princípios da teoria da seleção natural, proposta por Darwin, tal afirmação se encaixa perfeitamente com o contexto das empresas e o mundo dos negócios, visto que o ambiente passa a ser o mercado, os organismos são as empresas, e as variações são as decisões e posicionamentos. Uma vez que as decisões (variações) são incertas e totalmente fora da proposta do mercado (ambiente), as empresas (organismos) enfrentam graves problemas e por isso acabam por fechar, não sobrevivendo no mundo dos negócios.


Enfim, quando se trata de empreendimentos deve-se ter em mente uma palavra: Adaptabilidade.


Se adaptar ao mercado, suas tendências e demandas é essencial para se adotar uma postura mais assertiva, certo? É aí que entra o Planejamento Estratégico


Mas afinal, o que é um planejamento estratégico?

 

É toda a criação e execução de uma estratégia, com o intuito de alcançar os objetivos da organização e facilitar o processo de tomada de decisão.


De fato as empresas precisam ter um bom planejamento para conseguirem crescer, no entanto essa prática torna-se mais urgente em períodos de crise, tendo em vista que as mesmas precisam se reinventar e estabelecer novos objetivos, para então seguir em frente.

Em tempos de COVID-19 certamente é essencial realizar esse planejamento, uma vez que com a paralisação das atividades vários setores estão prejudicados, por conta da redução da produção e demanda. Dessa forma, é fundamental agir estrategicamente, ou seja, estabelecer  ações a fim de sair da situação atual em busca da situação desejada.


Mediante a isso, separamos 6 passos para uma boa formulação de estratégia:


  1. Defina e analise a missão da organização.

  2. Estabeleça os objetivos.

  3. Identifique alternativas estratégicas (o que posso fazer para alcançar esses objetivos?).

  4. Formule o seu plano de ação.

  5. Execute esse plano.

  6. Monitore e faça alterações se necessário.

Vale lembrar que ao definir um planejamento estratégico para a sua empresa é necessário se atentar as questões da definição dos objetivos e a forma de acompanhamento.  Certo, então isso quer dizer que as outras dicas não são tão importantes? Claro que não, no entanto esses dois pontos necessitam de atenção especial.

Veja bem, não adianta definir objetivos muito fáceis de se alcançar, ou então objetivos inatingíveis para a organização. Para evitar essas situações pode-se utilizar a técnica SMART e outras ferramentas de priorização, a fim de estabelecer objetivos mais compatíveis com a realidade do negócio. Além disso, quanto ao acompanhamento da realização desses objetivos, é essencial definir indicadores de desempenho ou outras métricas que possam informar a situação da empresa, em relação ao alcance do que foi estabelecido.


Uma boa forma de enfrentar a crise é através de um planejamento estratégico bem detalhado, capaz de prever cenários e contornar eventuais dificuldades, conferindo um melhor posicionamento da empresa para com as necessidades do mercado. 




A Optimus Engenharia Júnior é uma empresa de Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Santa Cruz. Foi fundada em 2008, e desde então presta serviços de consultoria e treinamentos de qualidade com um preço abaixo do mercado.

Acompanhe nossas redes sociais ou entre em contato pelo site.

© 2020 por Optimus

Informações