logo_branca.png
  • Optimus Engenharia Júnior

O que é sustentabilidade empresarial?


Sustentabilidade empresarial é um assunto que sempre está em alta por conta dos grandes desafios das organizações que envolvem este tema. Buscar novas práticas e inovações para lidar da melhor maneira com recursos limitados da natureza e impactar positivamente a sociedade como um todo, são fatores que explicam o motivo desta prática ou até mesmo filosofia ter tamanha relevância e peso nas tomadas de decisão estratégica das empresas.

Mas afinal, o que seria uma empresa sustentável? Por que tornar minha empresa sustentável? Quais os desafios de sua implementação? Como ela está relacionada com o meio ambiente e com a sociedade?

É justamente estes tipos de dúvidas que serão esclarecidos.

Antes de iniciarmos nosso conteúdo, que tal explicar do que se trata a sustentabilidade?

Sustentabilidade, derivada do latim sustentare, significa sustentar, conservar, apoiar e cuidar, é um conceito que aborda o desenvolvimento sustentável, definido como:


O desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem suas próprias necessidades”.

Sendo assim, um conjunto de ideias, estratégias e ações ecologicamente, economicamente e socialmente corretas, viáveis e justas respectivamente, que buscam garantir a sobrevivência e impactar positivamente o planeta como um todo.

Desta forma, é válido informar que a sustentabilidade é baseada em 3 princípios, o chamado tripé da sustentabilidade, que são fatores cruciais que trabalham juntos para que a sustentabilidade de fato aconteça, sendo necessário um equilíbrio entre esses 3 pilares, que são:


  • Ambiental: Envolve os recursos naturais do planeta e a maneira como é utilizado pela sociedade, comunidade ou empresas, ou seja, como se deve agir em relação à natureza e aos impactos causados a ela.

  • Social: Envolve as pessoas, suas condições e necessidades básicas de vida, como educação, saúde e lazer.

  • Econômico: Envolve a produção, distribuição e consumo de bens e serviços, em que a economia deve considerar a questão social e ambiental.


Com isso, podemos desmistificar um conceito muito ultrapassado na qual relaciona sustentabilidade apenas com o meio ambiente, mostrando como seu conceito atualmente é muito mais amplo.


Então... do que se trata sustentabilidade empresarial?


Bom, nada mais é que um nome dado a um conjunto de ações adotadas pelas empresas com o objetivo de atuar de maneira consciente nos aspectos ambientais, sociais e econômicos em que se está inserida. De modo que, sua aplicação trará diversos frutos e benefícios para si mesma e para todos aqueles que estão envolvidos neste processo.

Logo as análises realizadas passam a ir além de custos e preços. Como, por exemplo, a origem dos produtos; o tipo de mão de obra e matéria prima utilizados na fabricação; eficiência durante a utilização dos recursos; se os funcionários estão engajados com os objetivos da empresa. Assim, estamos falando de um olhar vasto, que traz benefícios para a sociedade, para o meio ambiente e para seu negócio.

Desta maneira, uma empresa sustentável é aquela que visualiza os 3 pilares citados anteriormente, e adota medidas como:

  • No aspecto ambiental: as empresas buscam diminuir seus impactos, de modo que ações sejam tomadas nos processos internos da empresa; no uso de tecnologias e fontes de energia limpa; investir na natureza e evitar o consumo predatório de recursos naturais; gerir resíduos; melhor utilização dos recursos necessários; redução dos poluentes; medidas como reflorestamentos, reciclagem e repor o que foi consumido.

  • No aspecto social: uma maior valorização da empresa de forma interna, com bons funcionários, fornecedores e sócios motivados, obtendo participação e destaque nas tomadas de decisão da empresa; estimular mais ideias de negócios e novas práticas sustentáveis; possuir alinhamento com os valores da organização; atuar dentro da legalidade; promover um bom, respeitoso e justo ambiente de trabalho; atuar dentro da ética e transparência; prezar pelo bem estar dos colaboradores; haver relatórios que mostrem à alta administração os resultados obtidos com estas ações para motivar e manter as práticas adotadas. E, de forma externa, com produtos e serviços que promovam maior qualidade de vida e boas experiencias aos consumidores da marca, como também possuir uma boa imagem e maior valorização, por ser uma empresa sustentável perante o público.

  • No aspecto econômico: as empresas passam a gerir melhor seus recursos financeiros e naturais, reduzindo o desperdício de insumos e estoque, falhas e erros no processo, e, com isso, ser produtiva e rentável, possuindo mais riqueza para que seja investido novamente nos pilares.

Consegue entender agora as práticas e benefícios de uma empresa sustentável?

Embora pareça complicado, é válido ressaltar que qualquer empresa de qualquer porte ou tamanho, pode e deve promover a sustentabilidade empresarial. Entenda que não existem barreiras que impeça alguma empresa de ser sustentável, pois um dos maiores questionamentos com relação a este tema é o “achismo” que empresas sustentáveis são práticas apenas de grandes organizações, devido à alta necessidade de investimento, e não, esta é uma visão precipitada de observar o que estamos discutindo aqui.

Que tal te mostrar como você deve encarar e visualizar esta oportunidade, e entender o motivo de não haver limitações até mesmo para microempreendedores ou pequenas e médias empresas?

Um dos pontos chaves, é enxergar a sustentabilidade como marca e oportunidade para seu negócio, de maneira que se utilize dessas práticas para construir algo de fato verdadeiro, como também rentável e lucrativo. Logo, é imprescindível que os envolvidos acreditem e queiram exercer a sustentabilidade não por ser algo bonito, mas sentir que isto faz parte da cultura, dos valores, propósitos, missões e de um bem maior, uma razão além de querer existir, e não apenas de sobreviver, algo com constância e manutenção, uma prática duradoura, e não momentâneo e passageiro, trazendo retorno não apenas à empresa, mas para o planeta.

Deste modo, sair da caixa e pensar fora da bolha e se reinventar é necessário, podemos citar até mesmo as startups, que são modelos de negócios que nascem com uma proposta diferenciada, e portanto, muitas buscam iniciar neste meio da sustentabilidade. Às empresas já existentes, basta identificar as melhorias e oportunidades e se adaptar neste mercado e ver como a sustentabilidade pode estar inserida nos seus processos e/ou vendas.

Em caso de dificuldade, quem sabe um alinhamento de equipe e revisão das estratégias, promover eventos, achar trainees ou até mesmo uma gamificação bonificada possa te ajudar com grandes ideias inovadoras?!

Outro fator legal de observar, perceba como é importante a contribuição dos funcionários é fundamental para a sustentabilidade? Pois é, não é à toa que uma empresa é formada por pessoas, e são elas as responsáveis por colocar em prática os planos, as ações e objetivos estabelecidos. Então procure mantê-los engajados, motivados e dando o devido reconhecimento.

Além disso, podemos citar alguns cases de sucesso, como o próprio CEO da TOMS Shoes, Blake Mycoskie, que trouxe o conceito por trás do “One for One”, um modelo de negócio que ajuda as pessoas em necessidade a partir de cada produto vendido, Inspirado através de uma viajem feita à Argentina, onde percebeu que em algumas regiões mais pobres, uma das maiores causas de doenças vinham em decorrência das pessoas andarem descalças.

Pode-se citar também, a fundadora da Startup B2Blue, Mayura Okura, que se baseou nos princípios da cadeia de reciclagem e inspirada por uma ideia de que o lixo de uma empresa pode ser o insumo da outra. Diante disso, foi criado um site onde empresas poderiam estar comercializando seus resíduos, barateando o processo de compra pelas empresas compradoras e monetizando o lixo das empresas vendedoras.

Veja que não é nada mirabolante que apenas empresas grandes podem realizar, muito pelo contrário, é visualizar um novo modelo de empreender ou melhorar seu negócio e tornar isto algo que traga retorno e impactos positivos para todos, até porque, muitas dessas empresas já surgem com esta proposta sustentável e evoluíram de pequenas para grandes negócios por conta da inovação encontrada.

Já se sente motivado e preparado para fazer a diferença e implementar suas mudanças? Não esqueça de fazer um belo marketing interno e externo, as pessoas precisam saber dos resultados e das ações que estão sendo adotadas! Então que tal fazer isso o quanto antes?... na verdade, faça agora! Afinal, “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”.


Por: Daniel Oliveira

A Optimus Engenharia Júnior é uma empresa de Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Santa Cruz. Foi fundada em 2008, e desde então presta serviços de consultoria e treinamentos de qualidade com um preço abaixo do mercado.

Acompanhe nossas redes sociais ou entre em contato pelo site.

© 2020 por Optimus

Informações