logo_branca.png
  • Optimus Engenharia Júnior

Tudo o que você precisa saber sobre Internet das Coisas

Atualizado: Mai 1


Lembra daqueles filmes futuristas, com equipamentos avançados e tecnologia de ponta? Parece algo muito improvável para a nossa realidade, não é mesmo? ERRADO!


Com o avanço da tecnologia e o crescente surgimento das necessidades humanas, o mundo tem entrado em uma era tecnológica, se aproximando cada vez mais dos filmes futuristas. Dessa forma, surge o conceito de Internet das coisas(Internet Of Things – IOT).


Mas afinal, em que consiste esse termo? Por que ele vem ganhando destaque ultimamente?


Internet das Coisas é a forma como os equipamentos estão conectados entre si, ou seja, os mesmos são capazes de se comunicarem e interagirem conosco. Parece loucura, não é? Mas, é algo inerente as nossas vidas. Graças a tecnologia do Bluetooth, presente em celulares, computadores e outros dispositivos, essa ideia de conectividade é sustentada e atingível.


A ideia de conectar objetos caminha desde 1991 e vem ganhando força desde então, devido a limitação da rotina das pessoas, que estão cada vez mais dependentes dos meios tecnológicos e informacionais, para executarem suas atividades com praticidade. Como por exemplo, geladeiras, carros, óculos, relógios e até mesmo casas inteligentes são projetos que estão sendo desenvolvidos ou que já estão em fase de aperfeiçoamento, visando atender os novos requisitos da população.


Desse modo, listamos 3 aplicações da Internet das Coisas que já tornam o mundo melhor, segundo o site epocadenegocios:


1. Medicina


Em alguns países já são utilizados dispositivos capazes de medir batimentos cardíacos e/ou aferir a pressão sanguínea, passando informações do paciente para o médico. Além disso, para pacientes que enfrentam riscos constantes, tais informações podem ser obtidas sem a presença dos mesmos em hospitais, através de conexão via Bluetooth ou Wi-fi.


2. Agricultura


Foi-se o tempo em que campo e cidade eram dois universos distintos e que não se misturavam. Um exemplo disso ocorreu na Califórnia, que passou por um grande período de seca, e devido a isso drones foram postos para monitorar as áreas de plantio mais adequadas para a realização da atividade, isso, feito através de imagens aéreas.


No Brasil, a Agrosmart, já utiliza desse recurso para registros meteorológicos, índice de PH do solo, radiação solar, e dentre outros fatores.


3. Condições ambientais das cidades


Não é novidade para ninguém que os grandes centros urbanos são afetados por um alto índice de poluição, especialmente, no que diz respeito a qualidade do ar e da água. Dessa forma, cabe destacar a cidade de Londres. Mas o que essa cidade tem de tão revolucionário?


Londres possui uma taxa exorbitante de poluição do ar, o que acarreta em doenças respiratórias para a população. Na tentativa de driblar essa situação, foi desenvolvido um aplicativo de medição da qualidade do ar. Tal programa funciona a partir de sensores acoplados em veículos (carros, motos, bicicletas) que capturam essas informações em um servidor, permitindo aos cidadãos visualizarem um mapa da qualidade do ar.


Interessante, não? Esses são alguns indícios de que o futuro tão inovador e impressionante que vemos nos filmes, está mais próximo do que pensamos.


A Optimus Engenharia Júnior é uma empresa de Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Santa Cruz. Foi fundada em 2008, e desde então presta serviços de consultoria e treinamentos de qualidade com um preço abaixo do mercado.

Acompanhe nossas redes sociais ou entre em contato pelo site.

© 2020 por Optimus

Informações